Um problema encontrado dentro das organizações é a definição do preço cobrado pelos produtos ou serviços. Isso porque, é importante que os valores cubram os custos de produção, distribuição e encargos e ainda providenciem lucros para a empresa.

Deve-se levar em consideração também alguns fatores externos, como a concorrência, por exemplo. Cobrar mais que os competidores pode acabar diminuindo as vendas e prejudicando a receita da corporação.

Para isso existe uma fórmula que auxilia justamente no momento de calcular os valores. Por isso é importante conhecer o que é markup. Dessa forma, é possível otimizar os lucros e ao mesmo tempo melhorar a satisfação dos consumidores com a marca.

Continue lendo este artigo para conhecer mais sobre essa técnica e como aplicá-la em seu negócio. Boa leitura!

O que é markup?

O markup é um índice utilizado para a formação do preço final de produtos e serviços, ele é aplicado sobre os custos. Para realizar o cálculo com maior precisão é necessário incluir as despesas, impostos e todos os demais encargos que incidem na venda.

Deve-se ter cuidado, pois não é possível determinar o índice ideal de markup. Isso porque ele varia entre os mercados em que atuam as empresas e pode oscilar entre os diferentes tipos de negócio. Com o markup definido, as negociações ocorrem com mais flexibilidade, segurança e autonomia. O que garante rentabilidade e competitividade do negócio no mercado.

Uma grande vantagem dessa ferramenta é justamente sua aplicação em diversos modelos de empresa. Isso devido ao tamanho da organização que vai utilizá-lo não importar para sua utilização. Entretanto, fique atento, porque há casos em que a formação de preços baseada nos custos pode não ser a mais indicada.

Como é feito cálculo para se obter os resultados desejados

O markup chama a atenção pelo fato de facilitar no momento de realizar os cálculos para se obter os valores para as vendas. Ele pode ser calculado de forma individual para cada produto ou ser estabelecido um único índice para todas as mercadorias.

Na primeira etapa é preciso identificar o percentual de despesas variáveis atribuídas às unidades de produto ou serviços. Já na segunda etapa é necessário reconhecer qual o percentual representa as despesas fixas do período para cada unidade dos produtos ou serviços. E por fim, define-se o percentual de lucro que é pretendido para cada unidade de produto ou serviço. Com isso, é só adotar a fórmula para calcular os valores:

100/[100-(DV+DF+LP)]

Onde 100 equivale ao preço unitário total de venda, DV são as despesas variáveis, DF são as despesas fixas e LP é o lucro pretendido.

Saber o que é markup e como aplicá-lo ao seu modelo de negócio é muito importante para se ter sucesso nas vendas e ficar à frente da concorrência. Isso proporciona que sua empresa atribua sempre preços justos aos seus produtos e serviços, garantindo a satisfação dos clientes e melhorando a imagem da marca.

Se gostou deste artigo, não se esqueça de deixar um comentário sobre o assunto ou acrescentar alguma informação que você ache válida. Sua opinião é muito importante!

Escreva um comentário

Share This