Provavelmente você já ouviu falar em Big Data e a sua importância para as organizações. Mas entende exatamente o que significa? Sabe como aplicá-lo na sua empresa? Se não, está na hora de descobrir.

Continue lendo este artigo e entenda agora mesmo o que significa Big Data, a importância deste conceito para o seu negócio e como utilizá-lo como um grande aliado da sua empresa!

Como surgiu e o que é Big Data

A análise de informações já é uma prática antiga das empresas ao redor do mundo. Porém, por volta dos anos 2000, a Gartner, maior empresa de TI do mundo, criou o termo Big Data. Se refere à interpretação de um grande volume de dados armazenados. Ou seja, todo aquele disponível para a sua empresa, seja ele estruturado ou não.

Os 5 V’s do Big Data

As principais características associadas a esse conceito são definidas a partir dos chamados 5 V’s. São eles:

  • Volume: grande quantidade de dados que podem ser coletados pela empresa, vindas de diversas fontes, como e-mails, grupos de conversa, redes sociais.

  • Velocidade: os dados são acessados em tempo real, sendo que a velocidade de acesso é uma outra característica primordial.

  • Variedade: não existe um padrão de formato ou tamanho. Isso significa que eles podem incluir vídeos, sons, texto, entre outros tipos.

  • Veracidade: os dados são provenientes da interação humana. Ou seja, eles são válidos e fidedignos uma vez que representam o que efetivamente está acontecendo no mundo. 

  • Valor: o Big Data precisa gerar valor para o negócio. Para isso, é necessário investir em uma análise poderosa e eficiente. 

A importância do Big Data para a empresa

análise de dados permite previsões sobre as principais tendências e comportamento dos seus clientes. Além disso, ela gera informações importantes sobre o funcionamento interno do seu negócio e o seu posicionamento diante do mercado como um todo.

Sendo assim, insumos importantes para a tomada de decisão dentro da empresa e a criação de planos de ação estratégicos que podem servir para alavancar os seus resultados. Além disso, com a boa utilização do Big Data é possível diagnosticar os principais problemas do negócio e, a partir disso, criar soluções inovadoras para se destacar.

Como usar o Big Data na empresa

É importante que você comece com a escolha de um software de qualidade, que permita a análise desse tipo de dados. Afinal, informações sem análise acabam por não gerar nenhum retorno. A partir disso, você é capaz de realizar diversos tipos de análise, como é o caso da preditiva, a partir da qual você pode realizar previsões do comportamento dos seus clientes ou concorrentes, por exemplo.

Além disso, você também pode utilizá-lo no desenvolvimento de produtos. Isso porque existem ferramentas estatísticas que permitem que você simule a aceitabilidade e viabilidade do novo produto no mercado no qual está inserido.

Outra aplicação é a automação de processos. Por meio do machine learning — aprendizado de máquinas — existem softwares capazes de utilizar os dados gerados pela sua empresa para emitir respostas e, assim, automatizar processos que antes eram realizados pelos colaboradores.  

Concluindo, o Big Data é um conceito que veio para ficar, pois representa o que há de mais novo em análise de dados para as empresas. Ao inseri-lo na sua organização você é capaz de criar um diferencial competitivo para o seu negócio e se destacar no mercado.

Achou que nosso conteúdo foi útil! Então, assine agora a nossa newsletter e recebe outros textos relacionados!

Escreva um comentário

Share This